Soro materno livres alfa-humanos os níveis de gonadotrofina coriônica em gestações gemelares: implicações para a triagem para a síndrome de Down.



Soro materno livres alfa-gonadotrofina coriónica humana (hCG livre alfa) foram determinados em gestações gemelares e singleton em 15-22 semanas de gestação, utilizando um conjunto de amostras estocadas de soro relativos a 200 gestações gemelares e 600 gestações únicas de controle pareados por idade gestacional e duração de armazenamento. Grátis alfa-hCG valores são, em média, 1,66 vezes maior em gestações gemelares do que em gestações únicas (95 por cento intervalo de confiança de 1,56-1,76). Se soro materno livre alfa-hCG é usado na triagem para síndroma de Down, valores em gravidezes duplos pode ser ajustado usando este resultado de modo que o rastreio pode ser realizada em gravidezes duplos, bem como em gestações únicas.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7527538

VEJA TAMBÉM:



Texto Original



Maternal serum free alpha-human chorionic gonadotrophin (free alpha-hCG) levels were determined in twin and singleton pregnancies at 15-22 weeks of gestation using a set of stored serum samples relating to 200 twin pregnancies and 600 singleton control pregnancies matched for gestational age and duration of storage. Free alpha-hCG values are, on average, 1.66 times greater in twin pregnancies than in singleton pregnancies (95 per cent confidence interval 1.56-1.76). If maternal serum free alpha-hCG is used in screening for Down's syndrome, values in twin pregnancies can be adjusted using this result so that screening can be performed in twin pregnancies as well as in singleton pregnancies.

VEJA OUTROS:

Foto de Eduardo Boulhosa Nassar
Este site é mantido por Eduardo Boulhosa Nassar

Para que todos possam ter acesso ao bom conteúdo.